Arquivo da categoria: 1

Páscoa

Anúncios

Limpar Portugal

Pouco mais de meio dia, para retirar uma dezena de carradas de lixo da nossa Freguesia…

Muito mais haveria para fazer, mas de facto é importante constatar que a falta de civismo é ainda uma realidade, para além dos locais que tinham sido referenciados, dois dias antes apareceram outros tantos.

Muito se fez mas mais haveria para fazer, valeu pela obra e pela sensibilização.

Como não podia deixar de ser os nossos escuteiros, deram uma pequena ajuda em conjunto com as outras associações e populares nesta iniciativa.

A todos aqueles que suportaram o mau tempo e a chuva e ajudaram a tornar o nosso país um pouco mais limpo, o nosso MUITO OBRIGADO!!! Não teríamos conseguido sem a vossa participação.

Promessas

Mais um grande dia se aproxima para os nossos escuteiros, “A Promessa”

No próximo dia  28 de Fevereiro de 2010, pelas 10h00 na Igreja Paroquial de Vila Verde, cerca de 15 noviços, aspirantes e dois Chefes irão fazer a sua promessa de escuteiro ou o seu compromisso. 🙂

A Promessa é o Compromisso Pessoal para ser Escuteiro

Os Princípios do Movimento Escutista

Em todo o Mundo, os escuteiros baseiam-se nos seguintes Princípios:

  • Dever para com Deus. A lealdade a princípios espirituais, a fidelidade à Religião que exprime esses princípios e a aceitação dos deveres que dela decorrem.
  • Dever para com os outros. A lealdade para com o seu País, na perspectiva da promoção da Paz, da compreensão e da cooperação a nível local, nacional e internacional. A participação no desenvolvimento da sociedade, no respeito da dignidade humana e da integridade da natureza.
  • Dever para consigo mesmo. A responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento.

A Promessa Escutista

“Prometo pela minha honra, e com a graça de Deus, fazer todo o possível por:
– Cumprir os meus deveres para com Deus, a Igreja e a Pátria.
– Auxiliar os meus semelhantes em todas as circunstâncias.
– Obedecer à Lei do Escuta.”

A Lei do Escuteiro

1º – A honra do Escuta inspira confiança;
2º – O Escuta é Leal;
3º – O Escuta é útil e pratica diariamente uma boa acção;
4º – O Escuta é amigo de todos e irmão de todos os outros Escutas;
5º – O Escuta é delicado e respeitador;
6º – O Escuta protege as plantas e os animais;
7º – O Escuta é obediente;
8º – O Escuta tem sempre boa disposição de espírito;
9º – O Escuta é sóbrio, económico e respeitador do bem alheio;
10º – O Escuta é puro nos pensamentos, palavras e acções.

Por isso diante da comunidade família e amigos, os nossos jovens que se prepararam vão fazer o seu compromisso.

Segue-se um almoço convívio.

Mais informações:

  • e-mail: cnevive@sapo.pt
  • Mena – 967 759 133
  • Olegário – 967 748 260

Quaresma

3347801695_ddb6d5894dNo Jardim das oliveiras Jesus sentiu-se só e pediu aos seus discípulos que o acompanhassem. Eles foram com Ele mas adormeceram. O Senhor ficou só e triste! “…não pudestes velar Comigo sequer uma hora…”
Seremos nós capazes de “velar” sequer uma hora com o nosso irmão necessitado??
A nossa opção de cristãos só pode ser a de Jesus, a entrega sem medida, seja qual for a nossa opção de vida.
A oração do escuta, parece vir aqui bem a propósito:
Senhor Jesus ensinai-me a ser generoso
A servir-Vos como Vós o mereceis,
A dar-me sem medida.
A trabalhar sem procurar descanso

A gastar-me sem esperar outra recompensa
Se não saber que faço a Vossa vontade santa.

Acampamento “Mira anda”

12 a 14 de Fevereiro de 2010 o Grupo Pioneiro e Grupo Explorador, do nosso Agrupamento encontraram-se em Miranda do Corvo numa grande actividade.

Após uma belíssima noite de reflexão, partimos para raide, num percurso de 12km até Gondramaz, aldeia que se distingue pela tonalidade específica do xisto que nos envolve da cabeça aos pés. Até o chão que se pisa é exemplo da melhor arte de trabalhar artesanalmente a pedra. Esta é, aliás, terra de artesãos cujas mãos hábeis criam figuras carismáticas que são marca da serra e que levam consigo o nome do mestre e da aldeia além-fronteiras.

Situada na vertente ocidental da Serra da Lousã, a paisagem que envolve Gondramaz é uma obra de arte da Natureza. Há nas ruas desta Aldeia uma fina acústica que nos desperta todos os sentidos. Dentro das suas ruas a voz das pessoas torna-se mais nítida e convidativa. São pessoas que partilham a comunhão e a versatilidade de uma nova opção de vida cheia de “garra” e de sonho.

Depois de almoçar nesta terra de encanto, era hora de regressar, pelo trilho pedestre que embora sinuoso foi de uma beleza encantadora, em que o canto das águas se perde na imensidão da floresta fazendo fervilhar a vida naquele lugar mágico.

Já, noite tempo de fogo conselho com os exploradores onde a diferença de idades se tornou numa partilha emocionante.

Actividade 5 estrelas…

4.º Aniversário

4.º Aniversário

No próximo Domingo dia 7 de Fevereiro o nosso agrupamento irá festejar o seu 4.º Aniversário.

Para nós e todos os membros deste agrupamento será um dia muito importante, por isso gostaríamos que pais, família e amigos se juntassem a este acontecimento.

A nossa festa:

  • 10h00 em ponto, Eucaristia presidida pelo nosso assistente o Pe. Matos e animada pelos jovens do nosso agrupamento.
  • 11h15 Jogos tradicionais
  • 12h30 Almoço (Feijoada à escuteiro)
  • 14h00 Animação com actuação das várias secções
  • 15h00 Encerramento

“ Juntos Faremos Mais”

“Luso, a caminho do Natal”


Banco alimentar contra a fome

As recolhas do Banco Alimentar Contra a Fome que ocorreram durante o fim-de-semana em todo o País permitiram à Instituição armazenar 2498 toneladas de alimentos, o que representa um aumento de 30 por cento face ao mesmo período de campanha em 2008. Os alimentos vão ser distribuídos a 1650 Instituições de Solidariedade Social  que encaminharão para as 267 mil pessoas com carências alimentares comprovadas. Esta campanha contou com o apoio de 27 mil voluntários.

O agrupamento 1321 de Vila Verde, como já vem sendo hábito também participou nesta campanha com os nossos jovens no supermercado Pingo-Doce em Buarcos, onde a solidariedade com esta causa foi bem visível 🙂

II ORI-BTT

Foi no Centro Náutico da Fontela, que na manhã do último domingo, se procedeu à entrega de prémios do II ORI-BTT.
No último fim-de-semana esta prova reuniu em terras da Freguesia de Vila Verde 154 concorrentes, oriundos de 30 clubes.
Rui Mora coordenou um grupo de trabalho maioritariamente constituído por atletas do clube, com Arnaldo Mendes como director da prova e António Neto como traçador de percursos.

Os nossos Pioneiros e Caminheiros deram a ajuda possivel, num fim de semana onde a chuva não faltou, valeu as temperaturas amenas e a boa disposição dos atletas. 🙂

Parabéns pela iniciativa 🙂

Castanhada S. Martinho

Mais uma vez, o nosso agrupamento comemorou o S. Martinho juntando as familias dos nossos jovens na nossa base, onde não faltaram as castanhas a geropiga e as iguarias da doçaria regional que as mães já nos habituaram.

No final, como sempre, ainda houve tempo para brincar à farrusca e muita música e boa disposição. 🙂

A fogueira está acesa
As castanhas rachadas
Postas no lume quentinho
Não tarda já estão assadas.

Algumas estoiram no ar
E tudo fica contente
Toca a rir e a brincar
Chegam para toda a gente.

%d blogueiros gostam disto: